Antonio Prata Riberirao Feira

Entrevista com Antônio Prata na Feira do Livro de Ribeirão Preto

By on June 05, 2014 . Category Em Português

A Feira do Livro de Ribeirão Preto foi fundada em 2004 para formar leitores e valorizar a cultura, educação, o livro e a leitura. Cada ano é abordado um tema diferente. Nesta 14ª edição, o tema foi o livro e a leitura diante dos novos direitos civis. Vários ícones ilustres participaram da feira trazendo para o público suas visões, idéias e vivêcia na mídia. Entre eles, tive a honra de entrevistar o escritor Antônio Prata, autor de 10 livros – sendo seu último Nu, de botas ­– várias crônicas atualmente publicadas aos domingos no jornal Folha de São Paulo, e roteirista contratado pela Rede Globo, o onde colaborou na novela Avenida Brasil.

 

Widbook – O Widbook é uma das maiores comunidades digitais para escritores e leitores compartilharem histórias. Ao mesmo tempo, o mercado editorial atual está abarrotado de novas obras. Você sugere aos novos escritores iniciarem no mundo digital? Quais as vantagens que você vê na publicação digital e nos ebooks?

Antônio Prata - A auto-publicação já é algo antigo. Vários grandes autores começaram publicando suas obras por conta, tanto é que mais tarde estes escritores fundaram a Editora do Autor – trocadilho referência aos livros “edição do autor”. É um     caminho maravilhoso a auto-publicação, porque assim você pode mostrar ao mundo seu livro. Apesar dos ebooks serem algo novo no mercado, sem dúvida o formato digital facilita muito para quem ingressa na carreira de escritor.

 Eu espero com os ebooks que o autor não dependa tanto das editoras. Espero que no mundo digital o autor alcance rapidamente o público. Embora a editora tenha o papel importante do editor, que é aquele que acerta seu texto, te ensina dicas, acredito que no caminho digital a chance é maior de ser visto e futuramente ser chamado por ela.

 

Você já publicou por grandes editoras e tem alguns trabalhos ainda não publicados. Já pensou em publicar algo em formato de ebook?

Meu último livro – Nu, de botas – foi publicado de modo impresso e digital. Os impressos venderam muito mais do que os digitais, mas acredito que com a modernização e a expansão da tecnologia provavelmente os livros digitais ultrapassaram os impressos.

 

 Antonio Prata Assinando p Alex Feira Ribeirao

 

Atualmente muitos autores jovens estão aproveitando a oportunidade do Widbook para divulgar seus trabalhos (assim como eu, que publiquei). O que você poderia sugerir para nós, jovens escritores?

Tem que entender que é difícil o mercado editorial. Vários autores tiveram suas obras negadas várias e várias vezes. A história da literatura é feita de negativas. Por outro lado, se a negativa vier com alguma crítica sobre seu trabalho, é importante saber ouvir também. Diante disso eu diria para não desanimar, bater em outra porta e seguir em frente.

 

Vi que você começou na mídia muito jovem. Como foi a aceitação do público, as dificuldades que você encontrou quanto a isso?

Quando eu comecei eu tinha 19 anos. Encontrei o Fernando Bonassi em uma   livraria e falei que eu também era escritor. Ele me perguntou se eu tinha algum livro publicado e eu disse: claro que não, tenho 19 anos. Ele disse: dane-se, mande para as editoras, mande qualquer coisa. Pode ser uma editora pequenininha mesmo, o           importante é que você terá o livro nas mãos para mostrar para as pessoas. Como meu pai já era conhecido (Mario Prata) foi muito mais fácil para mim. Eu já conhecia as  pessoas, conhecia as editoras, então isso ajudou muito. Mas ajudou apenas a ser publicado, não a ser lido.

Para eu ser conhecido precisei trabalhar muito, escrever no jornal Folha de São Paulo, escrever na internet. Tenho 15 anos de trabalho e agora que estou alcançando um grande público.

Mas claro que tem aqueles que escrevem o primeiro livro e estouram, que atingem a veia e decolam.

 

Por Alexandre Alves Ferreira. Alexandre, natural de Ribeirão Preto, SP, é apaixonado por escrita e jogos de RPG. No Widbook publicou o livro Mundo Verian, que você pode ler inteiro e gratuitamente, clicando aqui. Ele foi à Feira do Livro de Ribeirão Preto e colaborou com este artigo para o Widbook. Siga o perfil dele na comunidade!

 

Alex entrevista Antonio Prata _Feira R.Preto

Tags

  • Luciano Teodoro

    Estou pagando para ver,tenho livros digitais(o corpo-seco)historia de um zumbi e-book,começei a mais de 10 anos pagando graficas para fazerem meus livros,o mercado de e-book ainda é pequeno no Brasil mais vai decolar por causa do preço e da facilidade de acesso,um simples downlowd!

See Also

How The Seven Deadly Sins Can Help You Write Emotion: SLOTH

Read More       →